Surgiu uma infiltração em casa? A solução ideal é fazer a impermeabilização do local, mas para isso é preciso conhecer os tipos de impermeabilização disponíveis no mercado.

Isso porque cada área pede um tipo diferente de impermeabilização. Para saber quais são os tipos de impermeabilização existentes e definir a melhor escolha para você, acompanhe este post!

Quais são os tipos de impermeabilização existentes?

Os impermeabilizantes são utilizados em quase todas as estruturas da construção: fundações, subsolos e locais que tem contato frequente com a umidade. Eles são importantes agentes no combate a infiltrações e vazamentos.

Para entender como funciona a impermeabilização,  precisamos explicar que os tipos do processo são divididos em dois sistemas:

  • Sistemas flexíveis: os sistemas flexíveis são materiais pré-moldados ou feitos no momento da aplicação. São indicados para locais com grande movimentação de pessoas e cargas, normalmente mais expostos as ações climáticas, o que os torna ideias para áreas externas.
  • Sistemas rígidos: os sistemas rígidos são materiais químicos que devem ser incorporados à argamassa ou ao concreto, por exemplo. São mais indicados para locais menos expostos, como fundações, piscinas aterradas e subsolos.

A escolha de cada um vai depender do local de aplicação e das condições desse ambiente. Separamos as principais opções disponíveis em cada sistema para facilitar a sua escolha:

  1. Manta asfáltica

A manta asfáltica é um sistema flexível e é indicado para lajes, reservatórios e impermeabilização de piscinas. Esse material já é pré-moldado e facilmente encontrado no mercado.

Para instalá-la é necessário fazer um revestimento, pois sua resistência mecânica é mais baixa. O revestimento funciona como uma proteção para o sistema, aumentando sua durabilidade.

  1. Argamassa polimérica

A argamassa polimérica é um produto classificado como semi-flexível. Sua produção é feita com aditivos, cimento especial e polímeros impermeabilizantes.

Ela pode ser utilizada em paredes, como camada anterior a pintura, subsolos, poços de elevador e em pisos.

  1. Emulsão acrílica

A emulsão acrílica é classificada como flexível e é uma ótima opção para lajes e coberturas. É composta por uma base acrílica e forma uma espécie de membrana liquida.

Apesar de ser muito fácil de aplicar, o material não oferece resistência a formação de poças de água. Portanto, o ideal é aplicá-la em locais com pouco acesso.

  1. Hidrofugante

Os hidrofugantes estão na classe dos sistemas rígidos. Eles são aditivos incorporados à argamassa e devem ser aplicados durante a construção.

O material é uma ótima opção para áreas com baixa movimentação térmica, como piscinas aterradas, poço de elevador e muros de arrimo, por exemplo.

  1. Impermeabilização com resinas

A impermeabilização com resinas é um sistema flexível e possui alta resistência. É uma ótima opção para pisos e locais com alto trânsito de pessoas e cargas.

A grande vantagem da impermeabilização com resinas é a facilidade de aplicação. Na Superveda, realizamos a aplicação com injeção química e o melhor de tudo: sem precisar quebrar nada!

Acesse o site para conhecer nossos serviços de impermeabilização de subsolos e outras áreas.

WhatsApp WhatsApp