As rachaduras na parede trazem preocupação a qualquer um e não é para menos, já que elas podem indicar problemas na estrutura da construção. Para saber a gravidade do problema, é importante ficar atento aos detalhes.

Se você quer saber como identificar se a rachadura apresenta perigo ou não, acompanhe este post e confira nossas dicas!

Como identificar rachaduras na parede?

As rachaduras em paredes internas não significam necessariamente problemas graves na estrutura da casa, mas merecem a sua atenção. É importante verificar alguns pontos, como a velocidade em que ela aumenta, para evitar problemas maiores.

Os níveis mais leves são chamados de fissuras e não comprometem a parte estrutural, causando danos superficiais como desgaste da pintura ou do revestimento.

Casos um pouco mais graves são chamados de trincas e podem atingir a estrutura. Se a fresta na parede tem até 3 mm já pode ser considerada uma trinca e você deve ficar atento a ela, verificando se há aumento ou não.

Quando elas são um problema?

Para verificar se o seu problema é mesmo uma rachadura ou apenas uma trinca, existem alguns pontos que você deve ficar atento.

Normalmente as rachaduras em paredes internas indicam infiltrações na laje ou em alguma outra parte da estrutura, por isso é importante identificar o problema o mais rápido possível.

Confira o que você deve observar para verificar o perigo em rachaduras:

  1. Verifique se ela está na diagonal

As rachaduras em diagonal podem indicar problemas estruturais graves, como danos em alguma viga ou na fundação da casa.

Trincas horizontais e verticais quase sempre são superficiais e bem menos preocupantes, pois dificilmente atingem a estrutura da construção.

  1. Atenção a profundidade

A profundidade da trinca também é um sinal de atenção para um problema mais grave. Como já explicamos, essa profundidade diferencia uma trinca de uma rachadura: quanto maior ela for, maior é o problema.

Se você conseguir enxergar através dela, chame um engenheiro para verificar os danos e resolvê-los o quanto antes.

  1. Observe se há aumento

Outra forma de identificar se há perigo ou se a trinca é apenas superficial, é observando o aumento ao longo dos dias.

Se ela aumentar rapidamente, principalmente em profundidade, busque um profissional especializado para resolver o problema.

Uma técnica simples para acompanhar esse aumento é tampar a trinca com uma mistura de gesso e água (em paredes internas) ou cal, água e cimento (para paredes externas). Se ela abrir, contate um especialista para avaliar o local.

Em grande parte dos casos, as rachaduras são causadas por vazamentos. Para solucionar o problema e evitar o surgimento de novas trincas, um procedimento muito importante é a impermeabilização.

A Superveda utiliza a impermeabilização com injeção química, que é bem mais ágil e não demanda grandes obras para ser realizado.

Acesse nosso site para conferir nossos serviços e saber mais sobre o processo de impermeabilização com injeção química.

WhatsApp WhatsApp