Ocupar o cargo de síndico é bem mais complexo do que parece. As responsabilidades do síndico vão além de cuidar do bem-estar dos moradores, incluindo toda a organização e a parte administrativa do condomínio.

Para entender exatamente o que faz um síndico continue a leitura deste post e confira as principais responsabilidades do profissional!

Quais as atribuições do síndico de condomínio?

Ser síndico pode parecer uma tarefa fácil, mas vai muito além do que você imagina. O profissional dessa área possui diversas atribuições que vão desde a gestão da limpeza predial até a prestação de contas e representação do condomínio.

Quer entender melhor o que faz um síndico? Então confira essas explicações que separamos especialmente para você sobre as principais atribuições da profissão:

1.     Responsabilidade financeira

Uma das principais responsabilidades do síndico é organizar as finanças do condomínio e cuidar da prestação de contas. A legislação pede que esse trabalho seja realizado pelo menos uma vez ao ano ou quando exigida.

Na prestação de contas, por exemplo, o síndico deve organizar e justificar todas as movimentações financeiras do condomínio feitas durante a sua gestão. Os relatórios são referentes ao orçamento, às receitas, despesas, balancete mensal e de inadimplência.

2.                     Responsabilidades do síndico em obras

Qualquer obra realizada no condomínio deve passar pelo síndico, que precisa seguir uma série de obrigações para realizar reparos e reformas.

A legislação sobre obras em condomínios divide as obras em 3 tipos e define normas para cada uma delas. Vamos entender melhor:

  • Obras urgentes ou necessárias: aqui entram obras com objetivo de conservar a construção, como retoque da pintura ou mudanças no sistema de elevadores. Neste caso, se os custos não forem altos, o síndico não precisa pedir aprovação da assembleia.
  • Obras úteis: são obras voltadas para melhorar a qualidade de vida dos condôminos, como instalação de sistema de segurança. Aqui a aprovação da assembleia é necessária.
  • Obras voluptuárias: essas são as obras voltadas ao lazer e estética do condomínio, como melhorias no salão de festas ou reformas na piscina. Para elas, é necessária a aprovação por dois terços dos condôminos em assembleia.

3.     Responsabilidade civil e criminal

Você sabia que o síndico tem diversas responsabilidades previstas no Código Civil? Pois é, uma delas é a de representar o condomínio de forma ativa ou passiva.

Ou seja, qualquer problema que acontece com o condomínio é de responsabilidade do síndico. Isso inclui desde a realização de obras sem autorização até acidentes com funcionários.

4.     Responsabilidade administrativa

Já falamos que o síndico é o responsável por cuidar da administração do condomínio, certo? Então agora vamos entender as principais tarefas para uma boa gestão condominial.

Além de representar o condomínio e defender os interesses dos moradores, o profissional deve convocar reuniões de assembleia, cuidar da conservação das áreas comuns do prédio, organizar serviços de manutenção, fiscalizar o pagamento das taxas condominiais e elaborar a previsão orçamentária anual.

Agora que você já sabe quais as atribuições do síndico de condomínio, entendeu a importância do profissional e a complexidade das tarefas, não é mesmo?

Se você é síndico e quer deixar o seu trabalho mais fácil, conte com a Superveda! A nossa empresa oferece serviço de impermeabilização em condomínios para você não ter que se preocupar com problemas de infiltração.

Acesse nosso site e saiba como funciona a impermeabilização com resinas.

WhatsApp WhatsApp