O acúmulo de água e umidade é comum em subsolos, mas pode causar problemas graves de infiltração que afetam a estrutura do condomínio e colocam em risco a segurança dos moradores, por isso a impermeabilização de subsolos deve ser prioridade.

A indicação é fazer esse processo de impermeabilização durante a construção do prédio, mas se o problema de infiltração acabou de surgir, não se preocupe: a solução é mais simples do que você imagina. Confira como funciona a impermeabilização de subsolos.

Qual a importância da impermeabilização de subsolos?

O subsolo é a base para toda a construção do condomínio, responsável por sustentar grande parte da estrutura com ajuda das paredes, pilares e outras bases de sustentação.

Por estar em contato com solo, as infiltrações se tornam comuns devido ao grande nível de umidade. É exatamente por isso que a impermeabilização de subsolos é essencial.

A impermeabilização vai evitar problemas de infiltração e vazamento, além de aumentar a vida útil das peças estruturais do prédio. Você deve aliar a esse processo um planejamento de manutenção preventiva periódica para identificar possíveis problemas.

Tudo isso ajuda a manter os moradores do condomínio em segurança, diminui seus gastos com grandes obras e contribui para a conservação da construção.

Consequências da falta de impermeabilização de subsolos

  1. Danos estruturais

A falta da impermeabilização de subsolos pode afetar diretamente a estrutura da construção. Com vazamentos, a estrutura fica comprometida devido a ação da água.

Como consequência podemos ter a corrosão de materiais metálicos ou destacamento de concreto, que podem ocasionar outros problemas.

  1. Danos estéticos

A infiltração é um grande problema de edifícios e traz danos estéticos ao espaço, visíveis a olho nu. Esses problemas podem até ocasionar problemas respiratórios devido ao acumulo de fungos pela umidade.

Um exemplo dessas consequências que afetam a estética são as estalactites, também conhecidas como carbonatação do concreto, as famosas goteiras, manchas de umidade, mofo e ferrugem.

  1. Falta de segurança

Não precisamos nem dizer que a falta de impermeabilização de subsolos prejudica a segurança de moradores, não é mesmo?

Imagine um prédio com a base da estrutura ou peças de sustentação em estado precário: é um perigo constante para todos que transitam por ali.

Os problemas de infiltração nem sempre são facilmente identificáveis, por isso a impermeabilização é indicada no momento da construção e a manutenção preventiva pode ajudar a identificar problemas em longo prazo.

Como é feita a impermeabilização de subsolos?

O processo de impermeabilização com injeção química ganha cada vez mais espaço no mercado por sua facilidade e agilidade.

Além de dispensar o quebra quebra e a bagunça, esse método é aplicado diretamente nas fissuras e garante uma solução definitiva.

O processo é feito de cima para baixo, na direção contrária da água, aplicando a resina por toda a extensão das trincas. A resina reage, ficando mais flexível para preencher todo o espaço e aderir ao concreto.

Além disso, o produto ainda forma uma membrana flexível em toda a região tratada, protegendo também o entorno da área.

A Superveda é especialista na área de impermeabilização há mais de 30 anos. Nossa equipe realiza uma vistoria técnica e resolve o seu problema de infiltração bem rápido.

Além disso, oferecemos uma garantia de 15 anos para as áreas atendidas. Tudo pensado para garantir o melhor atendimento para você, com a solução definitiva para os seus problemas.

Acesse o site para conferir os serviços executados pela nossa equipe.

WhatsApp WhatsApp