Administrar um condomínio não é uma tarefa simples, mas existe uma forma de facilitar a gestão condominial e o trabalho na hora de montar o quadro de colaboradores que vão te ajudar a manter os espaços organizados: a contratação de funcionários terceirizados.

Optar pela mão de obra terceirizada tem muitas vantagens, como a diminuição da burocracia, otimização do tempo e até mesmo a redução de custos. Entretanto, a contratação exige uma atenção especial para escolher uma empresa de confiança e colaboradores realmente capacitados.

Pensando nisso, separamos 7 dicas sobre como contratar funcionários terceirizados para condomínios. Continue a leitura para conferir!

Como contratar funcionários terceirizados para condomínios?

A contratação de funcionários terceirizados é uma excelente medida para otimizar a administração do condomínio, mas uma escolha errada pode trazer muito estresse e prejuízos financeiros.  

A boa notícia é que você não vai mais errar no processo de seleção da empresa com esses 7 passos infalíveis! Saiba como contratar funcionários terceirizados para condomínios:

1. Conheça a empresa responsável

O primeiro passo é bem óbvio, mas muita gente esquece de checar o trabalho da empresa antes de contratá-la. Não queira contratar a primeira terceirizada só para se livrar logo dessa tarefa: pesquise muito, avalie a reputação, peça indicações, analise preços e converse com o responsável para tirar dúvidas.

2. Verifique a regularidade da empresa

Uma das vantagens da mão de obra terceirizada é que você não precisa se preocupar com questões burocráticas, como a regularização de documentos. Apesar disso, analisar esses pontos é essencial e pode te livrar de problemas futuros.

Imagine só: um funcionário abre um processo contra a empresa e inclui o condomínio como coautor, como agir? Para evitar este tipo de preocupação, certifique-se de que a empresa cumpre todos os direitos trabalhistas. 

3. Saiba como é feita a qualificação de funcionários

Ao contratar funcionários terceirizados para o condomínio é importante avaliar a qualificação oferecida pela empresa responsável aos colaboradores. Peça um resumo profissional dos funcionários e, se achar necessário, tente acertar um período de testes com a empresa. 

4. Fique atento às ferramentos e aos EPIs utilizados

Não é porque você não tem responsabilidade sobre os direitos trabalhistas do funcionário terceirizado que não precisa ficar atento a questões como essas. Avaliar a condição das ferramentas e os EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) utilizados é de extrema importância.

Isso garante a segurança dos colaboradores e até mesmo dos moradores do condomínio, ajudando a evitar acidentes e possíveis processos trabalhistas. 

5. Atenção aos detalhes do contrato

Não precisamos falar sobre a importância de ler um contrato com atenção, certo? Leia e releia todos os detalhes para saber exatamente o que você está assinando: se tiver alguma dúvida, converse com a empresa ou procure um advogado. 

6. Integre os funcionários a sua equipe

É muito comum manter uma equipe interna para tarefas rotineiras e contratar os funcionários terceirizados para trabalhos pontuais, como a limpeza predial, por exemplo. Nestes casos, é importante manter os colaboradores integrados para fazer uma boa gestão condominial. 

Além de garantir um trabalho de qualidade, isso contribui para deixar toda a equipe mais motivada e, consequentemente, mais produtiva. 

7. Acompanhe o trabalho de perto

Não basta apenas contratar, é preciso também acompanhar o trabalho e fazer uma boa gestão de todos os seus colaboradores. Apesar de grande parte da responsabilidade ficar por conta da empresa terceirizada, é importante haver uma parceria para garantir o bom desempenho dos funcionários.

Anotou todas as dicas? Aproveite para contratar uma empresa terceirizada e garantir uma melhor gestão condominial! 

WhatsApp WhatsApp