Você já deve saber que a melhor maneira de solucionar um vazamento ou infiltração é por meio da impermeabilização, certo? Mas se você ainda tem dúvidas sobre como funciona a impermeabilização e tem receio de precisar quebrar tudo, você veio ao lugar certo!

Neste artigo, vamos explicar o processo de impermeabilização e te mostrar que ele não é nenhum bicho de sete cabeças, muito pelo contrário: pode ser feito sem bagunça e com muita eficiência.

Como funciona a impermeabilização?

Entender o processo de impermeabilização é bem simples: ele serve para vedar a construção e proteger a estrutura contra a umidade, prevenindo assim infiltrações e vazamentos que podem trazer grandes problemas para os imóveis.

Existem vários sistemas de impermeabilização no mercado e cada local da construção deve ser tratado com o método indicado para a área.

Os sistemas rígidos, como a argamassa polimérica, por exemplo, são mais indicados para subsolos, reservatórios, abaixo de pisos e em fundações, pois são áreas com menor movimentação estrutural.

Já os sistemas flexíveis, como a manta asfáltica, são indicados para impermeabilização de lajes, calhas e terraços, por exemplo. Esses métodos são mais resistentes a movimentação estrutural.

Confira agora o funcionamento dos principais métodos de impermeabilização:

  • Manta asfáltica

A manta asfáltica é um sistema pré-fabricado, produzido com material asfáltico especial e adição de outros produtos como poliéster e borracha, por exemplo.

Por ser um sistema flexível é indicado para áreas com alta movimentação estrutural, conforme já citamos aqui neste post. É importante ressaltar que algumas mantas não podem ficar expostas, portanto é necessário instalar um revestimento ou contrapiso para protegê-las.

  • Argamassa polimérica

A argamassa polimérica é um sistema rígido. Ela vem em formato pastoso e pronta para ser aplicada diretamente no local.

Para essa aplicação você pode utilizar uma pistola específica ou utilizar o produto direto da embalagem mesmo. É uma ótima opção para impermeabilização de piscinas, cozinhas e reservatórios de água.

  • Injeção química

A impermeabilização com injeção química é uma ótima solução para quem quer fugir da bagunça de grandes obras. Esse método utiliza um produto em formato de gel, que pode ser aplicado diretamente nos pontos de infiltração.

Por ser flexível, o produto penetra no concreto e preenche toda a rachadura, seguindo o fluxo contrário da água. Uma das grandes vantagens da impermeabilização com resinas por injeção química é a agilidade e a durabilidade do processo.

É uma ótima opção para garagens, piscinas e lajes, por exemplo.

Quer contratar o serviço de impermeabilização com injeção química? Acesse o site da Superveda e confira o processo de impermeabilização em subsolos e em condomínios.

WhatsApp WhatsApp